terça-feira, 29 de janeiro de 2008

O que Deus tem visto em nós? - série treinamento (1)

Êx12.13 "O sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; quando eu vir o sangue, passarei por vós, e não haverá entre vós praga destruidora, quando eu ferir a terra do Egito."
Este texto nos faz pensar em como tem sido nossa caminhada diária com o Senhor, em como apresentamos nossas vidas a Ele.Muitas vezes, é fácil pensar que somos insubstituíveis, justos - quando comparados aos que estão em trevas - e esquecemos que o que agrada a Deus é um coração contrito e quebrantado.A esse sim, o Senhor não despreza.
O que chama a atenção neste texto é que Deus olhou para o SANGUE, não para as "qualidades", ou "virtudes" de quem estava dentro na casa, por ocasião da libertação do Egito.O Senhor não estava buscando por justos, perfeitos e bons aos seus próprios olhos.Não interessava a idade, sexo, antecedentes de idolatria, egoísmo entre outros.O que Deus buscava naquela noite era os que estavam debaixo do sangue, da marca do cordeiro.
Assim deve ser nossa vida hoje;ao contemplar nossas vidas, que possamos estar a tal ponto que de nós nada subsista, mas sim, que o caráter de Cristo esteja sendo formado em nós; que o sangue do Cordeiro Santo de Deus sobressaia sobre nossa carnalidade.
Shalom

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Os desafios da língua!



1Pe3.10"...quem quer amar a vida e ver dias felizes, refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente".

Analisando a trajetória do povo de Israel no deserto, podemos observar quantas vezes eles literalmente " perderam a bênção " por abrir a boca e murmurar.Eles manifestavam seu descontentamento com Deus não abertamente, mas de uma forma velada, reclamando de seu líder, da maneira como ele liderava, da comida, da água....dá até cansaço só de ler!Mas acontecia, geralmente começando com pequenos focos, e espalhando-se pelo arraial inteiro.O final de tudo isso?Morreram no deserto, sem viver as promessas de Deus.

E quanto a nós?Temos guardado nossa língua do mal?O que lembramos mais facilmente: da pregação do último domingo, ou da última fofoca?

Como é mais fácil uma fofoca correr no meio de povo, ao invés de compartilhar a bênção que o pregador falou!A natureza humana é difícil de se lidar...

Fica aqui, então, uma sugestão : um jejum de falar dos outros!Isso mesmo!Uma semana só prá começar......sem NENHUM tipo de comentário, a respeito de ninguém, seja quem for, cristão ou não....aí teremos uma noção de nosso próprio julgamento, e o porque de a Bíblia tanto condenar isso, não julgueis para não serdes julgados...

Será que alguém aqui consegue passar uma semana ileso?

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Aliança - 3ª parte

Sem aliança, a vitória torna-se mais difícil e talvez impossível.Israel conquistou Canaã quando foram UM, debaixo da submissão ao Senhor.Conosco não será diferente!

As alianças precisam acontecer, debaixo da direção de Deus.Por isso, devemos estar atentos à voz do Pai, pois precisamos vencer uma etapa de cada vez, em Seu Kairós, para alcançarmos a plenitude das promessas do Pai!!!

Shalom!

Aliança - 2ª parte

2)Aceitação : Deus não criou o homem em série.Somos diferentes uns dos outros, e isso não significa necessariamente estarmos errados (1Co 12.17).Aceitar o outro é respeitar o seu direito de ser diferente.É permitir que tenha os seus próprios pensamentos e sentimentos acerca das coisas, pois nisso está a riqueza do Corpo de Cristo.Cada parte analisando as coisas por diferentes perspectivas, e depois formando o consenso geral.

3)Perdão: base de um novo começo.É a decisão de não lembrar mais do acontecido; é apagar o registro.O amor de Deus, que inclui o perdão mesmo quando não o merecemos é o modelo para nós.

4)Transparência : autenticidade, ser que somos na realidade, sem fingimentos.A hipocrisia não deve existir entre os participantes de uma aliança.Jesus condenou severamente os hipócritas de Seu tempo, e o faz ainda hoje.

5)Comunicação : deve ser franca e aberta.Isso mantém a confiança em alta, assim como evita distorções que podem causar divisões.Um clássico exemplo encontra-se em Js 22.26-27, onde uma guerra civil quase foi deflagrada por causa de um altar construído ao lado do rio Jordão (Js 22.10).

6)Quebrantamento : lugar onde a teimosia, orgulho amor próprio cedem à voz do Espírito.A pessoa quebrantada coloca o interesse de Deus acima de seu próprio, tornando-a construtuora de relacionamentos saudáveis, e mais parecida com Cristo.

Aliança

Aliança : acordo feito entre duas ou um grupo de pessoas.

Em nossa jornada rumo ao nosso destino espiritual, alianças precisam ser estabelecidas para que a vitória seja conquistada.Estas alianças podem ser temporárias ou permantentes, conforme a direção de Deus.Mas elas precisam ser estabelecidas.

Em uma equipe ministerial, não basta as pessoas trabalharem juntas.É necessário ALIANÇA, onde nos propomos a caminhar, buscando sempre um ajuste para alcançarmos relacionamentos confortáveis.Nenhuma liderança ou equipe superará as provações de fogo que virão a não ser mediante uma aliança.

Para se estabelecer uma aliança, alguns dos requisitos são:

1)Compromisso: é uma decisão de andar juntos, se ligar uns aos outros, com as vantagens e consequências que isso traz.Deus disse a Abraão :"Quanto a mim, é contigo a minha aliança..."Gn17.4; o Senhor esperou a resposta de Abraão.Para que a aliança seja válida tem que haver concordância entre as partes.
Compromisso gera lealdade e fidelidade.Estar ao lado para o que der e vier.Isso gera segurança.




sábado, 19 de janeiro de 2008

E a caminhada continua...

Shalom!

Em meio a lutas e tribulações, e a despeito das adversidades, importa continuar!

Li recentemente um testemunho em que o autor citava um teste de direção, na época em que ingressara na polícia, que em meio a uma curva, ele perde o controle do carro, sai da curva, mas rapidamente ele retoma o controle e volta ao traçado.

Ao terminar o teste, ele pergunta ao instrutor que estava ao seu lado :"- então, reprovei, né?", ao que o instrutor responde ;"-pelo contrário!Você foi aprovado!Pois ao perder o controle e desviar, rapidamente, você retomou o controle do carro e voltou a andar no caminho proposto!"

Continuemos a caminhar..mesmo que às vezes possamos nos desviar do caminho, voltemos o mais rápido possível, mas sem retornar e nem parar!A jornada rumo à Canaã continua!

terça-feira, 8 de janeiro de 2008


Falando em Mar Vermelho..........olha aí o Google Earth flagrando a travessia do povo de Israel!
Shalom!

Canaã : o melhor de Deus para nós!
Ao recebermos Jesus Cristo como único Senhor e Salvador de nossas vidas, herdamos as promessas da terra prometida chamada Canaã.Todos nós temos uma Canaã a conquistar, neste mundo.Claro, não mais a terra literal de Canaã, pois esta é reservada ao povo da promessa, Israel.
Canaã é o lugar onde mana leite e mel - onde vivemos a plenitude da vida Cristã!Onde os frutos do Espírito florescem, onde vivemos os sonhos de Deus em nossas vidas.
Para tal, devemos sair do Egito (terra de escravidão), deixar o pecado e as práticas deste mundo, atravessarmos o deserto para chegarmos em Canaã.
O plano de Deus para Israel era tirá-los do Egito.Na passagem do mar Veermelho, Deus livrou fisicamente o povo do Egito e de Faraó, mas havia ainda um trabalho a ser feito : tirar o Egito de dentro do povo!O sistema egípcio estava implantado em seus corações, e por isso Deus os leva para o deserto para serem limpos.
O deserto será a conquista de Deus em nossos territórios interiores; ou seja, Deus conquistando cada espaço do nosso coração e arrancando os inimigos interiores e exteriores.
Por isso, à luta!O deserto está a nossa frente, e o Egito atrás?Recuaremos, andamos em círculos ou avançamos em frente?Qual a sua escolha?

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

A jornada...


Glórias a Deus chegamos!

Depois de 2.500 km, voltamos em segurança!

Períodos de cansaço, sede, ansidade por chegar ao destino, a preocupação de que viaja conosco...tudo isso faz parte da jornada, do caminho.

Mas uma vez iniciado, não se deve voltar atrás!Deve-se sim, avançar, lutar contra a carne (que muitas vezes quer desistir), e continuar!Apesar de ter chego ontem de viagem, a jornada física da volta das férias também pode se traduzir em nossa jornada espiritual : nosso destino é Canaã!

Por isso, fica aqui o questionamento : onde estamos em nossa viagem rumo à Jerusalém celestial?O quão distantes estamos de nossa Canaã, aqui nesta terra?

O cansaço, enfado, fome, sede fazem parte do processo.Não somos maiores que nosso Mestre, e Ele mesmo nos asseguoru que neste mundo passaríamos por aflições mas - devemos ter bom ânimo!Ele venceu!!

E isso nos assegura que Jesus foi à frente, Ele já trilhou este caminho!Qualquer das situações que possamos nos defrontar nesta jornada, Ele já trilhou!E por isso, podemos afirmar que, em Cristo, somos mais que vencedores!

Que a jornada de 2008 seja de bênçãos e vitórias!

Discernidor